quinta-feira, 27 de julho de 2017

Para Deus e por mim!

08:50 0 Comments
O meu lema tem sido: para Deus e por mim!

Sabe por quê?
Como eu havia falado anteriormente, somos uma oferta para Deus, e nossa oferta deve ser perfeita, temos que dar o nosso melhor em tudo, mas além disso, ser o melhor, que é o principal.

Eu tenho focado muito em ser melhor para Deus, em vencer as minhas fraquezas e defeitos e me aperfeiçoar em todos os sentidos, seja como pessoa, como serva, filha, profissional, estudante, e por aí vai... Porque meu coração se alegra quando sei que Deus está feliz comigo, e isso acontece quando eu busco viver para agradá-Lo.

Mas além disso, além de buscar ser melhor para Deus, tenho feito isso por mim também. Eu mereço ser melhor. Imagine ter que conviver com uma pessoa chata, com atitudes horrorosas, um ser insuportável? Pois é, imagine que você é essa pessoa e tem que conviver consigo mesmo todos os dias? É uma relação insustentável e infeliz, simplesmente não dá.

Então é por mim, que eu também procuro evoluir e desenvolver.

Quando estou bem com Deus(para Ele), estou bem comigo também (por mim), e consequentemente estando bem com Deus e consigo mesmo, a sua relação com as demais pessoa será excelente.

Imagine desfrutar de uma paz e um bem-estar, bem é justamente isso que esse lema "para Deus e por mim" oferece.

Quis compartilhar com você porque tem dado certo pra mim, e se isso de alguma forma te ajudou, compartilhe também!


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Realmente, é o seu melhor?

05:48 0 Comments

Você acha que é o seu melhor, ou realmente, é o seu melhor? O meu melhor, não é o mesmo que o seu, isso porque, eu não sou igual você e você não é igual a ninguém. E graças a Deus por isso, não é mesmo? rsrs

Você provavelmente já deve ter ouvido e lido muitas vezes "Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente" (Jeremias 48:10), mas é sempre bom lembrar dessa palavra, ela nos ajuda a policiar as nossas atitudes e a refletir como estamos servindo ao nosso Deus.

Tudo o que fazemos, TUDO MESMO, é uma oferta para Deus. Seja dentro, ou principalmente fora da Igreja, onde além de oferta é uma questão de bom testemunho. Tudo é oferta, mas há diferença entre oferta perfeita e oferta defeituosa. Esse é o momento que você para e reflete, "qual tipo de oferta eu tenho apresentado?", e vou além, "que tipo de oferta eu tenho sido?"

Eu sempre procuro fazer uma autoanálise sobre a qualidade da oferta que eu tenho apresentado a Deus, eu não sou perfeita, mas estou servindo a um Deus que é, e sendo assim eu preciso apresentar o meu melhor.

Se no trabalho a pessoa tem um chefe super exigente, ou na escola tem um professor que requer excelência nos resultados, e ela dá o seu melhor para satisfazer as expectativas, porque com Deus deveria ser diferente?

Eu me revolto ao ver alguém que tem potencial para se dar muito mais, e fazer com excelência, mas decide ficar com "isso aqui tá bom". Odeio conformismo. Odeio mesmice.

A vida perde o sentido quando deixamos de evoluir, Deus não nos chamou para ficarmos estagnados, Ele nos chamou para realizar obras ainda maiores das que Ele operou (João 14:12).

Então, às vezes a pessoa até acha que está dando o seu melhor, mas Deus conhece bem o nosso potencial, nossos limites, que inclusive Ele nos desafia a superá-los, Ele sabe muito bem quando podemos fazer além e ser melhores.

A oferta é você, seja então, a melhor oferta. Que a apresentação da sua oferta a Deus traga alegria ao Seu coração.


"Faça do Céu o seu objetivo"
Deus te ilumine!

quarta-feira, 19 de julho de 2017

terça-feira, 18 de julho de 2017

Deixe Ele te encontrar

09:40 0 Comments
O trecho da música do Charlie Brown Jr. "me encontra ou deixa eu te encontrar" ilustra bem a situação: ou você vai ao encontro de Jesus ou pelo menos, você deve facilitar para que Ele te encontre.


No post "Quem eu seria sem Jesus" eu terminei dizendo que Jesus me encontrou e que Ele gostaria de te encontrar também, mas que primeiro, você precisaria deixar que Ele te encontre.

Mas talvez você esteja se perguntando como pode fazer isso, bem é bem simples na verdade.
Para que Jesus te encontre, você precisa estar visível.

Parece bobo, mas é a mais pura verdade. Quando você perde algo, e por exemplo, é uma chave que está debaixo de uma blusa, fica difícil de procurar, não é? Porque não está visível aos seus olhos.
Da mesma forma é com Deus.

Estar visível para Ele, é estar disposta, sensível a Sua Voz.

Quando estava afastada da Presença de Deus, minha mãe e outras pessoas me convidavam para ir a igreja, eu até ia e pensava "dessa vez eu vou me firmar", mas não me firmava.

Até que em um momento de puro vazio, uma Voz ecoou dentro de mim. Incrivelmente
do nada, eu quis ir na igreja, falei para minha mãe me acordar no dia seguinte para ir com ela na reunião de 7 horas de domingo. Eu fui e desde então, nunca mais me afastei.

Eu estava sensível naquele momento, eu não tinha nada e nem ninguém, e embora eu não entendesse no momento, eu finalmente estava disposta a me entregar. Dessa forma, facilitei a busca de Jesus por mim, Ele me encontrou e por fim, eu O encontrei.

Se você deseja se encontrar com Jesus, você não pode estar com seu coração trancado, sua mente fechada, presa em seus ideais e objetivos.

Para se apegar a Ele, é preciso que você solte e deixe ir todo o resto.

Muitas pessoas não O encontram porque em seu interior estão em busca de outros interesses, outras pessoas. Quando Jesus me achou, embora eu não estivesse falando com todas as as palavras 'EU QUERO JESUS", no meu interior, o que eu mais queria era ser feliz, e como Ele é a fonte de felicidade, indiretamente eu estava buscando a Ele.

Quando Jesus me achou e me fez perceber o Seu amor incondicional, eu não hesitei, me lancei em Seus braços sem reservar, eu encontrei no abraço dEle o refúgio que minha alma buscava, eu encontrei a tão sonhada felicidade.

Oro para que você também O encontre! <3 b="">

quinta-feira, 13 de julho de 2017

O que Deus fez? É culpa dEle?

09:08 0 Comments

O ser humano tem a mania de sempre procurar alguém ou algo para culpar quando as coisas não acontecem do jeito que gostaria. Mas por mais incrível que pareça, na maioria das vezes a culpa é da pessoa mesmo.

Ontem estava conversando com uma jovem que há algum tempo está na igreja, mas está distante de Deus. É algo muito triste, sabe? E eu estava afim de ajudar ela a perceber o quanto ela precisa de Deus. Mas ela estava muito relutante em relação a se voltar para Jesus, dizendo que não queria mais nada disso, foi quando eu fiz a ela uma simples pergunta: "O que Deus fez? O que Deus fez para que você virasse as costas para Ele?" e então, em uma revolta em forma de desabafo ela respondeu "Eu busquei o Espírito Santo, eu fiz tudo certo, e quando eu mais precisei, eu não recebi".

Preciso confessar, aquela resposta de certa forma me abalou na hora, eu senti a dor pesando nas palavras dela. E me lembrei também, que recebi o Espírito Santo após 8 meses que estava na igreja, e que nesse período diversas vezes vinha na minha mente que eu nunca iria O receber, que talvez Ele nem existisse, e ainda assim eu buscava incessantemente.

Mas não pense você que eu passei a mão na cabeça dela e a consolei "é assim mesmo, querida", pelo ao contrário, logo rebati a resposta dela com "e de quem é a culpa? de Deus?"
Agora vamos lá, em uma conversa direta, assim como tive com ela.

Entenda que mais do que você quer receber o Espírito Santo (bençãos também se encaixam), Ele quer morar dentro de você, Ele almeja te conhecer, muito mais do que você deseja ou busca.

Porém, as coisas com Deus não são tão fáceis assim. É tudo muito simples, quem busca, acha...Mas, não é fácil.

Assim como todas as outras coisas da vida não é mesmo? Não é fácil  encontrar um bom emprego, tem que ter um currículo excelente, para concluir os estudos é necessário se dedicar, se empenhar, tirar boas notas, e por aí vai.

Com Deus não poderia ser mais fácil, tem que ser difícil mesmo. Afinal, estamos falando do bem mais precioso, não é mesmo? É claro que exige um esforço maior, ou melhor dizendo, um completo sacrifício.

E além disso, é preciso paciência, confiança. Você precisa entender também, que as coisas não funcionam do seu jeito, no seu tempo. Não seja uma criança mimada que dá um "show", faz birra quando não recebe o que quer, na hora que quer.

Acredite em mim, vale a pena esperar, vale a pena crer, confiar. Está na Palavra de Deus, o Espírito Santo é Promessa. Permaneça firme em seu propósito de conhecê-Lo. Esse tão sonhado dia chegou para mim e vai chegar para você.

Se você não recebeu, não é culpa de Deus. Se você desistiu, não é culpa de Deus. Culpe a si mesmo, culpe a sua falta de fé. Fé na Palavra de Deus, fé no que Ele prometeu, fé no que Ele certamente iria fazer se você confiasse inteiramente em Sua Palavra. Calma, não é o fim do mundo.

Direcione essa culpa que você tem colocado em Deus, para a mudança que precisa acontecer dentro de você. Use a revolta errada, contra a pessoa errada para tomar posse das Promessas de Deus da forma certa.

Para finalizar...

“Dizendo: Certamente, abençoando te abençoarei, e multiplicando te multiplicarei. E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa." (Hebreus 6:14-15)

Que Deus te ilumine!


segunda-feira, 10 de julho de 2017

Cega, perdida e desesperada

05:12 0 Comments

A cegueira espiritual é muito mais desesperadora do que a física, imagine o quão perdida uma pessoa está até que permita que Jesus abra os seus olhos? Sem Jesus enxergamos um mundo cinza e sem graça, ao conhecê-Lo nossa vida passa a ter cores, se torna um verdadeiro arco-íris.

Um dia desses eu esqueci os meus óculos em casa, e ironicamente, era logo no dia em que eu tinha consulta no oftalmologista. Mas, a questão não é essa.

A questão é que eu uso óculos para longe e eu estava indo no oftalmologista, não conhecia muito bem o lugar, era de noite, e eu estava me sentindo completamente perdida. Eu não tenho tanto grau assim de miopia, não ao ponto de ser completamente cega, mas eu enxergo um pouco embaçado ou como eu digo às vezes, tenho o raciocínio lento.

Aí imagine só a situação: eu tentando chegar no endereço da clínica, sem conhecer o lugar direito, sozinha, de noite, enxergando com dificuldade. Foi horrível. Confesso que teve uma hora que eu fiquei um pouco desesperada, porque eu queria ler qual era o número dos lugares para ver se estava chegando perto da numeração da clínica, e não conseguia, queria tentar enxergar o nome da rua para ver se ainda estava na rua certa, e nada. É algo desesperador. 

Mas naquele momento, Deus falou comigo. Ele me fez perceber que era exatamente nesta situação que eu estava antes de conhece-Lo.

Eu estava cega, perdida, sozinha e desesperada em busca de algo. Eu não sabia o que era esse algo quando eu buscava, mas quando eu O encontrei eu soube exatamente que era Ele que me faltava.
Antes de conhecer Jesus eu estava tão, mais tão perdida, tinha apenas 12 anos de idade, mas sem perspectiva alguma da vida, sem saber porque eu havia nascido. Eu poderia estar cercada de pessoas, mas na minha cabeça elas não me amavam. Eu me sentia tão sozinha, e chorava. Chorava sem saber o porquê, era desesperador também.

Mas quando eu encontrei o Amor da minha vida, Ele me deu mais do que um par de óculos, Ele me deu tudo, Ele se tornou o meu tudo. E então, eu não estava mais perdida, não estava mais sozinha, mas ainda assim, eu continuei desesperada. Mas dessa vez, era desesperada de amor por Ele.


Só quero que você saiba, que se você está na situação que eu estava, perdida e desesperada em busca de algo. Deixa eu te contar um segredo: Jesus é o caminho. Então, corra!

terça-feira, 4 de julho de 2017

O segredo para mudar

11:38 0 Comments
“Eu nasci assim”, “esse é o meu jeito”, “vão ter que me aceitar assim”, “eu não consigo mudar”. São frases muito usadas por pessoas que até querem mudar, lutam por isso, mas nunca conseguem. Afinal, qual é o problema?

Eu preciso compartilhar da minha alegria com vocês, tenho andado muito satisfeita comigo mesma. E sabe por que?

“Tudo posso n’Aquele que me fortalece” (Filipenses 4:13)

Eu sei, eu sei, que provavelmente você já leu ou ouviu essa passagem milhares de vezes, e talvez você sempre leva para aquela questão “estou enfrentando lutas e dificuldades, mas tudo bem, eu vou vencer, porque tudo posso n’Aquele que me fortalece”.

Mas você já pensou o quão forte é essa palavra e o que ela representa na nossa vida, no nosso dia a dia? Foca no TUDO POSSO, tudo é tudo, não há exceções ou limites quando sua vida está plantada no centro da Vontade de Deus, quando a sua força não vem de si mesmo, da força do braço ou por influência dos homens, vem de Deus.

E ultimamente eu descobri uma força que até então eu não utilizava. Não é a força para enfrentar lutas e dificuldades. Melhor do que isso, eu descobri a força que me leva a vencer a mim mesma. E quem vence a si mesmo, vence o diabo, vence o mundo e por fim alcançará a Salvação Eterna.
A minha satisfação é fruto da força que eu tenho encontrado em Deus para mudar, desenvolver e crescer. Isso em todos os aspectos, em todas as áreas da minha vida, e principalmente no quesito interior, na minha vida com Deus.

Tenho lutado comigo mesma para buscar ser mais semelhante a Cristo, mas já perdi muitas vezes as batalhas contra o meu eu. Isso porque, muita das vezes eu quis “forçar a barra” e tentar mudar de qualquer jeito. E dessa forma a gente não muda, a gente camufla o nosso eu por um tempo, mas ele volta a aparecer depois. A mudança tem que ser natural, e a única forma que eu conheço de fazer as coisas fluírem naturalmente é quando Deus opera em nosso interior.

Quando Deus toca, nada fica do mesmo jeito. Tudo se transforma. E se transforma de forma surpreendente.

Então, eu desejo que você também use essa força que Deus te dá para ser alguém melhor, e não só isso, que você invista para ser aquilo que Deus sempre planejou que você fosse. Ele te dá forças para isso. E aí já não adianta dizer “eu nasci assim”, “eu não consigo mudar”, afinal, “TUDO POSSO n’Aquele que me fortalece”, lembra?


Nas lutas diárias com o seu, não se esqueça disso!

Se esse post te ajudou, deixe seu comentário e compartilhe (:

terça-feira, 20 de junho de 2017

Quem eu seria sem Jesus?

16:27 0 Comments

Será que eu usaria drogas, beberia até cair, sairia de casa em um dia e retornaria três dias depois? Será que eu usaria alargador, piercing, tatuagem? Eu me vestiria como uma emo, usaria roupas vulgares? Frequentaria baladas, raves ou barzinhos? Namoraria homens ou mulheres, ou sequer namoraria, será que eu só ficaria com um e com outro? Será que eu seria capaz de cometer um crime? Eu me mutilaria ou tentaria o suicídio? Quem eu seria sem Jesus?

Me converti aos 12 anos, minha mãe era rígida e o medo dela se voltar contra mim me impediu de me envolver completamente com o mundo. Claro que eu pequei, e desagradei a Deus inúmeras vezes, mas não mergulhei no mundo (graças a Deus por isso).

Mas já me perguntei diversas vezes...Como eu seria se por acaso, Jesus não tivesse me encontrado aos meus 12 aninhos, quando eu não entendia a maioria das coisas, quando não havia nenhum sonho ou perspectiva. Quando eu era cheia de complexos, medos, mágoas e raiva. O que seria de mim? Será que eu ainda estaria aqui hoje?

Eu não consigo imaginar como eu seria exatamente, tenho alguns palpites (levando em conta os indícios e inclinações que eu tinha na época), mas nada certeiro.

Porém, de uma coisa eu tenho certeza: eu ainda seria a Pâmela. Mas infelizmente, uma Pâmela infeliz, vazia, perdida. Dentre tantos pecados que eu poderia cometer, escolhas ruins que eu poderia fazer, de qualquer forma, eu ainda estaria perdida.

Eu estaria perdida, porque só quando eu conheci Jesus que eu me encontrei. Eu me encontrei nos braços de Jesus. Ele se tornou o meu tudo. Melhor Amigo, melhor Pai, melhor Noivo.

Não gosto e nem consigo imaginar minha vida sem Jesus, porque na verdade, eu não tinha vida antes d’Ele. Mas quando eu O conheci, tudo mudou. Eu mudei.
Jesus me encontrou, e hoje Ele quer te encontrar. Mas para isso, é preciso que você deixe Ele te achar.

Mas, isso já é um outro assunto. Até a próxima! 

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Visão de quem?

07:17 0 Comments

"Então os homens tiveram medo, por terem sido levados à casa de José; e diziam: por causa do dinheiro que da outra vez foi devolvido nos nossos sacos que somos trazidos aqui, para nos criminar e cair sobre nós, para que nos tome por servos, tanto a nós como a nossos jumentos." 
(Gênesis 43:18)

       Os irmãos de José o venderam como escravo, desprezaram, foram maus, injustos para com ele. Mas, José... José era diferente.

       Pela própria natureza e essência que os irmãos de José carregavam dentro de si, mesmo sem saber que era José, eles esperaram o pior da situação, quando foram levados à casa de José, achando que algo de ruim iria acontecer com eles. E sabe o que eu tiro disso?

       Quem mente, acha que todos mentem. Quem trai, acha que todos traem. Quem julga, acha que todos julgam. A pessoa que pratica injustiça, acha que todos agem da mesma forma. Parece até surreal para eles que uma pessoa que foi ofendida não queira retribuir com a mesma moeda.
Infelizmente, quem tem maus olhos, só consegue ver o mal.

       No entanto, José provou o Espírito que tinha dentro de si, o Espírito que não guarda mágoa ou rancor, o Espírito que faz amar além das falhas e dos erros.
Imagina só, José tinha todo o poder para fazer o que quisesse com seus irmãos, mas escolheu fazer o bem, porque tinha o Bem dentro de si. Ele era diferente, porque tinha o Espírito da Diferença dentro de si.

       Por que eu tenho o Bem dentro de mim, então eu sempre procuro ver o que há de bom nas pessoas, mesmo mediante a tantas falhas e defeitos. Porém, se eu estou mal, se eu tenho maus olhos, então tudo eu enxergo com malícia, de forma impura e maldosa.

       A sua visão sobre coisas e pessoas revelam sua condição espiritual. Sua visão é de quem está bem ou de quem está mal? #Reflita.

Deus te ilumine!






Follow Us @soratemplates