terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Redes Sociais para... SALVAR! (Parte 1)

15:48 0 Comments


Facebook. Instagram. Twitter. Snapchat. Pinterest. Tumblr. (Ahhh, e também Youtube e WhatsApp)

O que não falta hoje em dia são plataformas para nos socializarmos, não é mesmo? Temos aquelas redes sociais mais amplas, geralzonas tipo o Facebook, em que temos gente de todas as idades, tribos e etc, e algumas um tanto segmentadas como por exemplo o Pinterest(vou voltar outro dia para fazer um post especialmente para ele que é um xodózinho rsrs).

E aí talvez você esteja estranhando "ué, não vai falar de fé?", mas claro que vou!

É que assim, talvez você não saiba, mas eu sou uma pessoinha muito conectada as redes sociais, além de cursar Jornalismo, eu tenho procurado me especializar especialmente nessa área de Mídias Digitais, inclusive trabalho com isso.

Então, eu uso para trabalho, e também uso muito como usuária. Gosto muito de produzir conteúdo, compartilhar, comentar, curtir e tudo que tiver direito. E de "quebra", ainda faço amizades maravilhosas de vez em quando. 

Mas, uma outra oportunidade incrível que as redes sociais me proporciona, é a de levar a essência de Cristo para outras palavras.

Observe como eu não usei o termo "levar a Palavra de Deus", foi de propósito. Isso porque muitos cristãos usam suas redes sociais frequentemente para postarem versículos, palavras de fé e coisas do tipo. Porém essas mensagens atingem quais pessoas, quem é o seu público-alvo? Provavelmente irá atrair principalmente as pessoas que são da fé, e talvez, algumas que não são da igreja nem nada.
Eu digo talvez, porque tem gente que é bem indiferente a esse tipo de publicação, quando vê algo de "religião" em suas redes, simplesmente rolam a página, e ignoram. Mas é claro, que se Deus quiser usar alguma postagem sua para ajudar alguém necessitado, Ele usará.

Mas temos que começar a ser inteligentes e estratégicos. 

Vou falar por mim, quando eu posto alguma música secular que eu gostei (avaliando direitinho letra, clipe), uma série ou filme que eu assisti eu tenho dois propósitos. Primeiro, compartilhar um gosto particular e ver se mais alguma pessoa compartilha do mesmo gosto, que aliás foi como eu fiz várias amizades que hoje são essenciais para mim, e segundo, uma forma de mostrar que eu não sou religiosa, e abitolada, que Jesus não me aprisiona, que eu posso ser jovem, ser feliz com Cristo e não necessariamente ficar orando e lendo a Bíblia 24 horas por dia. 

Isso é importante, porque eu não interajo apenas com pessoas da igreja, tem as pessoas do trabalho, da família, da faculdade, e elas precisam se conectar comigo de alguma forma, nem que seja por uma música secular. A partir disso, eu vou ter uma oportunidade de falar de Jesus para ela, coisa que talvez eu não teria se criasse a barreira da religião. 

Por que eu posto fotos de looks? Primeiro por que eu gosto, segundo, que no mundo há tantas más influências, mulheres vulgares, que eu gosto da ideia de ser um bom exemplo, uma referência (não tô me achando não viu rsrs), sem ser aquela coisa quadrada também, sabe? Eu sou o Templo do Espírito Santo, amo mostrar Jesus através de mim, mas também tenho minha personalidade, meu estilo e me posiciono sobre isso.

Enfim, eu vou falar mais sobre isso porque é um assunto que eu quero aprofundar, porém, acredito que seja algo muito relacionado a visão de cada um, pode ter quem não concorde comigo e pode ter quem aplauda de pé rsrs. Mas faz parte, eu gosto de pensar que nós temos que usar as ferramentas que temos a nossa disposição para ganhar o máximo de almas possível, e assim, honrar os talentos que Deus confiou em nossas mãos.

"Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns." (1Coríntios 9:22)

Quero saber o que você pensa a respeito, que tal deixar o seu comentário? 

Deus te ilumine! <3 div="">



terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Não dê moral!

05:43 1 Comments
As palavras possuem um grande poder de influência, elas ajudam ou pioram uma situação, levantam ou derrubam uma pessoa. Precisamos tomar muito cuidado com elas, seja quando falamos ou quando ouvimos.

Ontem eu estava meditando em quando a serpente foi usada por Satanás para sugerir a Eva que comesse do fruto da Árvore da Vida. E eu me peguei bem indignada com a situação.

Como pode Eva dar atenção para o que uma serpentezinha falou? Podia ser qualquer animal que fosse, como as palavras de um simples réptil coloca em descrédito a ordem de Deus? O Criador de tudo. Se Ele criou, Ele sabe o que é melhor, simples assim. O que custava obedecer? Mas, Eva foi muito bobinha mesmo.

Mas às vezes, ou muitas vezes, não somos bobinhas assim também? Nos deixamos nos levar por qualquer palavrinha sem noção, "damos moral" para alguém sem credibilidade alguma e deixamos a dúvida contra a Palavra de Deus entrar em nosso coração.

Deus te dá uma palavra de encorajamento, de ânimo e aí você inventa de pedir conselhos a outra pessoa (às vezes nem pede, tem gente que que dá sem ser consultada) e aí essa pessoa "muito especialista" vem com todo o negativismo do mundo, semeia a dúvida, planta a discórdia e por aí vai.

Uma vez que a sementinha do mal foi plantada, e você regou na sua mente, já imagina o problemão que isso vai causar, não é mesmo?

Por isso, você deve saber escolher muito bem a quem ouvir e o que ouvir, ter esse discernimento se o que a pessoa está falando acrescenta a sua vida ou se é totalmente descartável. Por que se for, simplesmente ignore. Não deixe as sugestões do diabo se infiltrarem em você ou elas irão silenciar a sua fé.

Esse é o primeiro post do ano, pretendo estar mais presente esse ano rsrs e bem, que o seu 2018 seja incríveeeeel! Para isso, se atente as palavras que são direcionadas a você e se empenhe muito mais a ouvir a Voz de Deus!

sábado, 30 de dezembro de 2017

Irreconhecível

16:57 0 Comments
2017. Página 364 de 365, e eu aqui preparadíssima para fechar esse livro. E que livro, hein?

Eu lembro de alguns planos e expecativas que eu tinha para este ano, mas olha, tenho que confessar que fui surpreendida.

Mas antes de ser surpreendida, me frustrei um pouco(ou muito) ao perceber que as coisas não se realizariam como eu havia imaginado. Errei tentanto acertar, errei tentando mudar, errei tentando consertar, errei e errei muito.

Mas se eu pudesse escolher uma palavra que definisse esse ano, eu escolheria amadurecimento. Ah, como eu amadureci!

Sou muito grata, por tudo e por todos. Grata por cada desafio. Desafios que eu imaginava não ser capaz de conseguir vencer, que antes do exterior, tive que desafiar a mim mesma a ser melhor. Tive que acreditar em mim. Tive que insistir em mim. E perseverar.

Detectei problemas, e descobri suas raízes. Me envergonhei muito. E então batalhei e perseverei para arrancar cada raíz. Não foi fácil. Eu me desesperei. Chorei. Clamei.

E bem... Deus me ouviu, como sempre!

E se eu pudesse escolher duas palavras para definir o meu relacionamento com Deus neste ano, com certeza seria confiança e esperança. Não teria conseguido sem elas, fui movida por isso.

Confiar em Deus é depender totalmente dEle, sem hesitar, sem nenhuma reserva. Quando fazemos isso, a esperança flui naturalmente no nosso ser, isso porque não dependemos de coisas e pessoas, mas do Deus Vivo. O Seu Caráter é constante e imutável, Ele é confiável.

Então, aqui estou. Feliz por Deus ter me dado a oportunidade de evoluir tanto como evoluí. E por fim, nem me reconheço mais. Eu me tornei uma versão muito melhor de mim mesma, e graças a Deus por isso.

Grata por Ele ter colocado em minha jornada pessoas tão incríveis e que me ajudaram tanto sem sequer imaginar.

Concluo refletindo o quanto Deus é maravilhoso. Não me tornei perfeita, mas termino esse ano já pensando como posso continuar me aperfeiçoando.

"Mas Ele me disse: "Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza." (2Coríntios 12:9)

Que Deus te ilumine! 🌸🌷

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Poderia ter sido melhor?

05:02 0 Comments

E aqui estamos, nos despedindo de mais um ano.
Alguns estão almejando que o novo ano se inicie logo porque esse ano "já deu o que tinha que dar", lutas, dificuldades, sofrimento, e quando você achava que ia dar certo, pois é, não deu. Um ano que talvez não tenha superado as expectativas, que não trouxe nada de novo, em que a frustração com as coisas, pessoas e talvez, até consigo mesma, reinou.

Um novo ano geralmente vem com novas expectativas e novos planos, mas nem sempre as coisas acontecem como idealizamos, e tudo bem. Sim, tudo bem. Isso porque para nós que temos nossa vida pautada na Vontade de Deus, temos que entender que ao ter o livre arbítrio e escolher entregarmos a nossa vida nas mãos de Deus, é Ele quem nos conduz. E bem, o caminho que Deus nos leva a trilhar nem sempre é o que desejamos.

Um caminho em meio a toda beleza e esplendor da natureza seria o ideal para nós, mas às vezes, o que Deus tem em mente para nós em alguns momentos é aquele caminho cheio de buracos, espinhos e com todos os obstáculos possíveis. E quem disse que é um caminho ruim? Quem disse que este trajeto também não nos levará ao mesmo destino final que idealizamos? Mas é porque às vezes, não é o destino final que importa, e sim o trajeto que percorremos, o processo que desenvolvemos até chegar a ele.

Como foi o seu ano? Foi fácil? Tudo que você planejou se concretizou? Você chegou aonde desejava? Se a resposta foi negativa, calma, o ano não está perdido!

Que tal aproveitar os últimos dias para agradecer? Agradecer por ter vencido cada obstáculo, por ter resistido e sobrevivido em meio as tempestades, por ter aguentado firme quando a vontade era soltar, por ter perseverado quando o desejo era simplesmente "jogar a tolha", por todos os momentos incríveis que você teve só entre você e Deus, por ter superado a si mesma!

Ano, meses, semanas, dias difíceis não definem toda uma vida, não desanima não, você chegou até aqui, não é mesmo? E Deus esteve com você em cada momento. Refúgio. Porto Seguro. Pai. Amigo. Tudo!

"Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena." (Provérbios 24:10)

Vale lembrar que a tua força flui e jorra do interior, vem de Deus. Pense no Deus forte, e conseguirá ter minimamente a ideia do quão forte você é. Então, que venha os dias difíceis, porque em Cristo, no dia mais difícil, é quando você se torna mais forte.


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Para os dias difíceis... Esperança!

09:59 0 Comments

"Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida." (Salmos 119:50)

Quem nunca ouviu a seguinte frase "a esperança é a última que morre"? É bem clichê, não é mesmo?
Esperar por coisas banais e que não lhe faz bem, é pura tolice. E nesses casos, o melhor a se fazer é você mesmo matar a tal da "esperança", que na verdade não é esperança, mas sim, uma baita ilusão.

Mas, ao se tratar de esperar por algo que Deus nos prometeu em Sua Palavra, como a nossa família salva e servindo a Ele, a saúde restaurada, vida financeira próspera, vida sentimental abençoada e o principal, o Espírito Santo, não é nem questão de esperar, é questão de fé e confiança. 

De fato, não podemos deixar a esperança morrer, porque as Promessas não morreram, e o nosso Deus muito menos. Ele é a nossa esperança.

Isso é o que tanto me conforta nos momentos difíceis, quando o planejado não acontece e a frustração me submerge, em meio ao sofrimento, eu O encontro. 

O sofrimento, as circunstâncias e dificuldades tentam neutralizar a nossa fé, esperança e confiança no Pai, e às vezes parece algo tão impossível, que até esquecemos que o nosso Deus é o Deus do impossível. Esquecemos de tantas coisas, do Seu Poder, das Suas Promessas, do Seu Amor e Misericórdia, por vezes, em meio ao furacão, até de Deus esquecemos. Claro, nunca admitiremos isso, não será algo publicado nas redes sociais e nem declarado a todos ao nosso redor, mas em nossas atitudes, falhamos, e falhamos feio. 

Só é possível encontrar vida, quando nos voltamos para a própria Fonte de Vida, Jesus. E quando nos tornamos para Ele, então a vida floresce no nosso interior, talvez nada mude do lado de fora, mas por dentro, a vida transborda e isso é mais que suficiente. 


terça-feira, 21 de novembro de 2017

Quando estive doente...

03:05 1 Comments
Dias atrás, eu estava buscando a Presença de Deus, quando Jesus me fez pensar em algo muito lindo...

Pensei nas vezes em que eu fiquei doente e em todo cuidado e mimos que sempre recebi dos meus familiares. Minha mãe ficando ao meu lado no hospital horas e horas, minha avó se preocupando em preparar uma refeição saudável e deliciosa quando eu não sentia vontade de comer de jeito nenhum, meu pai se deslocando para comprar os medicamentos necessários, todos empenhados em cuidar de mim com todo o amor. Senti gratidão ao pensar em tudo isso.

E foi aí que Jesus me fez lembrar também das vezes em que fiquei enferma espiritualmente. Lembrei dos momentos de lutas e dificuldades que me deixaram sem forças, em que desanimei, em que duvidei, em que estive cega, surda.

Pensei nas vezes em que achei que não iria suportar, que não iria sobreviver, em que até pensei em desistir. Momentos esses que talvez ninguém sabia ou percebeu, ou que mesmo que soubessem não poderiam ter feito nada.

Mas me lembrei do cuidado que Deus teve comigo. O cuidado de Deus é incomparável, é sublime e glorioso. Quando Ele queria me alimentar, e eu fazendo birra não queria comer, e a falta de alimento me deixava cada vez mais fraca, cansada, e Ele encontrava outra forma de me alimentar, de me animar. Ele me fez crer na cura. E que a Cura(Jesus), cura tudo!

Como um simples resfriado ou uma dorzinha de cabeça podem nos pegar a qualquer momento, essa enfermidade espiritual (dúvida, medo, problemas) podem nos pegar também, o importante é saber em quem recorrer, lembrar quem é o Médico dos Médicos, lembrar quem é o Pai que está sempre ali cuidando, quem é o Amigo que está sempre dando o suporte, e lembrar que Ele é a Cura, não importa do quê, Ele simplesmente é!


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Sem cessar o quê?

03:36 0 Comments
Há certos versículos na Bíblia que quando lemos parecem algo muito simples, parece que a resposta já está ali "na cara", escancarada para quem quiser ler, e às vezes lemos no automático, nos deixando levar apenas pelo o que está explícito, mas esquecemos das entrelinhas.

"Orai sem cessar." (1 Tessalonicenses 5:17)

Cessar: deixar, parar

Provavelmente você já leu ou ouviu esse versículo várias vezes, e deve ter pensado "ok, não posso deixar de orar", e pra ser sincera eu também, inclusive quando eu li essa última vez, a princípio passou bem despercebido, porque afinal, se formos ler automaticamente está bem explícito que não devemos deixar de orar, mas no dia seguinte, fiquei pensando...

E se essa frase tivesse continuidade...

- Orai sem cessar a
- Orai sem cessar a confiança
- Orai sem cessar a perseverança
- Orai sem cessar a determinação
- Orai sem cessar a ousadia

E por aí vai...

Essas virtudes fazem parte da oração. Orar é exercitar a fé, a confiança, é provar a Deus e Sua Palavra com ousadia, é perseverar no mesmo espírito, é crer sem hesitar, ter paciência não pacata mas sensata para entender que não é no Seu tempo que a resposta virá, mas no tempo de Deus. 

A verdade é que tem gente que ora 24 horas por dia, tecnicamente, é sem cessar, porém, ora por medo, por desespero, por ansiedade, fica ali orando sobre a mesma coisa, muitas vezes uma oração religiosa, automática. Isso não é orar sem cessar. Tem gente que ora duvidando, e como Deus pode operar em meio as dúvidas, sem condições. Orar sem cessar é se entregar a Deus (veja bem, eu não disse entregar o problema, isso é fácil, é SE ENTREGAR, você tem que estar nas mãos dEle) e confiar!

Que Deus te ilumine!

terça-feira, 5 de setembro de 2017

O Seu amor me inspira!

08:56 0 Comments
Eu sinto a força da sua crença em mim, e isso me consome. Me escondo, me desespero e me preocupo. O meu ser se agita quando penso em Suas expectativas em mim.

Pais criam expectativas que o filho tenha uma boa educação e se torne alguém na vida, alguém melhor do que eles já foram. E essa por si só, já é uma baita expectativa. Mas as Suas Deus... nem se comparam.

Não porque o Senhor me obriga ou exige algo de mim. Mas porque Seu caráter me estimula e motiva, porque o Seu Amor me inspira!

Como não perceber a Tua Glória, não se impressionar com a Tua infinita Misericórdia e não acreditar no Teu Imenso Amor, puro e tremendo... como?

Ah Deus, eu não consigo ignorar o Senhor, eu  não consigo Te oferecer menos, eu não consigo ser menos!

Pois quando me olho, eu quero Te ver também. Quero poder enxergar em mim o Teu Caráter e todas as Tuas características, para que de fato, eu seja a Sua Semelhança.
Eu quero viver para colocar um sorriso em Tua face todos os dias, quero Te dar prazer de me chamar de "Minha filha", quero que o Senhor se alegre com a minha oferta e que essa oferta seja sempre boa, perfeita e agradável aos Seus olhos.

Que antes de Te entregar algo, eu me entregue. Que antes de ter algo que vem de Ti, eu pertença unicamente e exclusivamente ao Senhor. Que antes de fazer, eu simplesmente seja e seja aquilo que Tu queres.

Não suporto a ideia de viver uma vida em que eu não sou aquilo que o Senhor sempre sonhou que eu fosse, aquilo que o Senhor projetou ainda no ventre materno. Pai, eu não quero e não posso me desviar disso, me perder dos Teus caminhos é estar Te decepcionando, e eu não conseguiria viver com o peso que decepcionar o Senhor e entristecer Teu coração traz ao coração humano.


Estar em Ti é a única coisa que faz sentido para mim, porque Deus... Mesmo sem saber, eu já havia nascido pra Ti, pra viver por Ti!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Para Deus e por mim!

08:50 0 Comments
O meu lema tem sido: para Deus e por mim!

Sabe por quê?
Como eu havia falado anteriormente, somos uma oferta para Deus, e nossa oferta deve ser perfeita, temos que dar o nosso melhor em tudo, mas além disso, ser o melhor, que é o principal.

Eu tenho focado muito em ser melhor para Deus, em vencer as minhas fraquezas e defeitos e me aperfeiçoar em todos os sentidos, seja como pessoa, como serva, filha, profissional, estudante, e por aí vai... Porque meu coração se alegra quando sei que Deus está feliz comigo, e isso acontece quando eu busco viver para agradá-Lo.

Mas além disso, além de buscar ser melhor para Deus, tenho feito isso por mim também. Eu mereço ser melhor. Imagine ter que conviver com uma pessoa chata, com atitudes horrorosas, um ser insuportável? Pois é, imagine que você é essa pessoa e tem que conviver consigo mesmo todos os dias? É uma relação insustentável e infeliz, simplesmente não dá.

Então é por mim, que eu também procuro evoluir e desenvolver.

Quando estou bem com Deus(para Ele), estou bem comigo também (por mim), e consequentemente estando bem com Deus e consigo mesmo, a sua relação com as demais pessoa será excelente.

Imagine desfrutar de uma paz e um bem-estar, bem é justamente isso que esse lema "para Deus e por mim" oferece.

Quis compartilhar com você porque tem dado certo pra mim, e se isso de alguma forma te ajudou, compartilhe também!


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Realmente, é o seu melhor?

05:48 0 Comments

Você acha que é o seu melhor, ou realmente, é o seu melhor? O meu melhor, não é o mesmo que o seu, isso porque, eu não sou igual você e você não é igual a ninguém. E graças a Deus por isso, não é mesmo? rsrs

Você provavelmente já deve ter ouvido e lido muitas vezes "Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente" (Jeremias 48:10), mas é sempre bom lembrar dessa palavra, ela nos ajuda a policiar as nossas atitudes e a refletir como estamos servindo ao nosso Deus.

Tudo o que fazemos, TUDO MESMO, é uma oferta para Deus. Seja dentro, ou principalmente fora da Igreja, onde além de oferta é uma questão de bom testemunho. Tudo é oferta, mas há diferença entre oferta perfeita e oferta defeituosa. Esse é o momento que você para e reflete, "qual tipo de oferta eu tenho apresentado?", e vou além, "que tipo de oferta eu tenho sido?"

Eu sempre procuro fazer uma autoanálise sobre a qualidade da oferta que eu tenho apresentado a Deus, eu não sou perfeita, mas estou servindo a um Deus que é, e sendo assim eu preciso apresentar o meu melhor.

Se no trabalho a pessoa tem um chefe super exigente, ou na escola tem um professor que requer excelência nos resultados, e ela dá o seu melhor para satisfazer as expectativas, porque com Deus deveria ser diferente?

Eu me revolto ao ver alguém que tem potencial para se dar muito mais, e fazer com excelência, mas decide ficar com "isso aqui tá bom". Odeio conformismo. Odeio mesmice.

A vida perde o sentido quando deixamos de evoluir, Deus não nos chamou para ficarmos estagnados, Ele nos chamou para realizar obras ainda maiores das que Ele operou (João 14:12).

Então, às vezes a pessoa até acha que está dando o seu melhor, mas Deus conhece bem o nosso potencial, nossos limites, que inclusive Ele nos desafia a superá-los, Ele sabe muito bem quando podemos fazer além e ser melhores.

A oferta é você, seja então, a melhor oferta. Que a apresentação da sua oferta a Deus traga alegria ao Seu coração.


"Faça do Céu o seu objetivo"
Deus te ilumine!

Follow Us @soratemplates